uma postagem de gratidão (ao mestre com carinho)

Publicado por

Eu, jovem calouro de farmácia, numa tarde de sexta-feira, recebi um convite inusitado do Joaquim, um goiano simpático que me convidou para fazer parte de um grupo de igreja. O que o motivou foi o fato sempre ver com livros, nem sempre didáticos, mas de boa formação. Desde os treze anos desenvolvi o hábito por uma leitura universal com os mais variados temas – Gostaria de te convidar para participar de um grupo de formação – Disse o goiano, aluno de Educação Física, que havia sido criado naquele ano de 1978. E continuou – O coordenador é o padre Mohana, que também é médico e psicólogo, as reuniões acontecem na igreja da Sé às 16 horas horas, em seguida a gente participa da missa celebrada pelo próprio Mohana. Agradeci ao convite e prometi aparecer. Esqueci completamente. Na segunda-feira meu amigo me surpreendeu mais uma vez – Sentimos a sua falta ontem – Aquela frase me chamou atenção. Eu nem sabia que aquele convite seria o divisor de águas na minha vida. Ali, o jovem estudante de Farmácia começaria a se transformar em Robson Jr, o radialista. Depois eu conto mais. Estou postando aqui um vídeo que relata esta figura exemplar que não somente influenciou e preparou dezenas de profissionais para o futuro. Plantou sementes que brotaram em vários seguimentos de nossa sociedade. Foi num domingo após a missa das cinco na Sé, que me convidou para ajudar em um pequeno programa, o “Para onde vais?” na Rádio Educadora, e aqui estou eu agradecido por aquele convite que mudaria o rumo da minha vida.

No último encontro que tivemos, bem ao lado do abrigo do Largo do Carmo, cobrei dele um estágio em Hematologia Clínica que ele me prometera em Porto Alegre em um grande laboratório de um amigo. A resposta veio como uma sentença : Não, esqueça isso, você é de rádio”. Foi a última frase que ouvi do mestre João Mohana, meses depois morreria. Era sábado, se não me falha a memória. Peguei uma máquina de fotografar e cliquei um “milagre” de Mohana : de um lado do caixão Zé Pequeno, do outro José Sarney. Guardo esta foto com carinho e um dia irei postar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.