O prazer de compartilhar

Publicado por

Uma cidade em transformação.

Sempre que entro em um táxi, ônibus ou um destes veículos de aplicativos, busco puxar conversa., e quase sempre encontro com personagens curiosos, uns mais alegres, falantes, outros mais concentrados na direção e mais atentos à direção e menos interativos, estes últimos são raros. Nestas viagens curtas por minha cidade ou mesmo em outras cidades, Já fiz vários amigos. Uma vez no Rio, saindo de um congresso no Rio Centro, ampliei o percurso em muitos quilômetros pra não perder uma conversa boa com um marinheiro que à noite complementava o orçamento dirigindo um táxi, O que ouvi daquele amigo daria um livro; experiência de chorar e de sorrir, algumas de morrer de medo. Ficamos amigos a ponto de ter o cartão dele na carteira. Sempre que voltava ao Rio, encontrava um jeito de usufruir da conversa daquele contador de histórias pelas ruas da cidade maravilhosa.

Hoje, após o término do Repórter Difusora, precisava seguir para a Câmara de Vereadores para assistir à sessão das dez. Chamei carro de aplicativo e iniciamos percurso curto da camboa até a praia grande. A história começou quando passamos pela lateral da Praça Maria Aragão. o Marcos, 55 anos, me falou que morara na Jansen Muller e que na adolescência viu mangue onde hoje é a praça, e foi falando do incêndio da Maria Celeste na Beira mar, dos catraeiros na Rampa Campos Melo, e um monte de outras histórias. O papo seguiu e descobri que ele é projetista, e que estava sem atividade pela falta de obras, especialista em uma ferramenta muita utilizada por projetistas; o auto-cade.

Descobri, que ele tem paixão por São Luís, e prometeu me enviar fotos antigas de uma São Luís, que muitos desta geração nem conhecem.

Resolvi então postar esta rápida conversa e disponibilizar imagens gentilmente cedidas por ele.

Compartilhar com você seguidor deste blog é sempre um grande prazer. Fui à Câmara contactar vereadores e dei de cara com um escritor que me fez viajar no tempo e mergulhar em universo desconhecido de Donana, é a senhora Ana Jansen, mas esta é uma outra história. Na próxima postagem eu conto.

alguém reconhece a futura praça Maria Aragão ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.