Pais de nossos pais

Publicado por

26 de julho de 2019 – sexta-feira

Passadas décadas depois daqueles eventos de infância, me encontro de cabelos brancos, a pele enrugada, mas na minha parede da memória ainda estão vivas imagens e fatos dos pais dos meus pais.

Minhas férias de infância em Paulino Neves eram marcadas pelos gostosos biscoitos feitos com massa especial que iam ao fono de barro espalhados em um remo de canoa. Nem precisava leite, o café puro torrado, caprichosamente preparado por dona Hormezinda, mãe da minha mãe. Seu Luis Soares, discreto, só acompanhava as cenas em silêncio. A mesma Hormezinda, passava férias com a gente no monte castelo e nos livrava de surras com galhos de goiabeira do nosso quintal.

O pai do meu pai, era um caboclo de quase um metro e noventa, voz firme, sempre de chapéu na cabeça e cigarro de fumo de rolo entre os lábios, pele queimada de sol, foi líder nos primórdios de Paulino Neves. Lá exerceu o cargo de delegado. Diz a lenda que levava os baderneiros para dentro de casa e os amarrava no pé da cama, não havia delegacia, e não havia fugas.

Marcílio era o nome do pai do meu pai. Minha avó era Ovídia, mas carinhosamente chamada de Zuca, até hoje não sei porque. Mulher pequena de gestos simples, quase sempre de pés descalços e cachimbo na boca.

Neste dia dos avós meu sentimento é de gratidão pela genética e gestos que marcaram a minha vida toda. Lembro-me agora da minha avó materna abraçando o neto magrinho e profetizando : “este menino vai ser doutor”. Até tenho canudo de farmacêutico minha vó e daqui continuo nesta missão de carregar os tesouros que tu me entregastes.

obrigado Vô, obrigado vó.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.