Carta ao futuro prefeito

Publicado por

10 de setembro de 2019.

Caríssimo futuro prefeito, permito-me escrever-lhe nesta data, dois dias depois do aniversário de nossa cidade. Dos 407 anos dela, sessenta anos e sessenta dias, vivi aqui. Tempo suficiente pra conhecer um pouco esta cidade que nasceu francesa, invadida por holandeses e colonizada por nossos irmãos portugueses. Não cabe a mim julgar quem foi melhor ou pior para ela.

O DNA de cada povo que passou por aqui deixou suas marcas. Não podemos esquecer que antes da chegada dos brancos europeus, nossos irmãos de pele vermelha já estavam aqui e viviam em absoluta harmonia com este pedaço de chão.

Senhor futuro prefeito, temo que no futuro, nossas crianças perguntem aos mais velhos, a mirar hologramas de imagens antigas, que rios eram aqueles que separavam o centro dos bairros do São Francisco e área itaqui/bacanga, que perguntem pelo verde dos manguezais ao lado da ponte com nome de poeta.

Senhor futuro prefeito, em pouco tempo teremos mais carros que gente, os plásticos descartados serão em quantidade maior que os peixes em nosso litoral.

Temo que num futuro próximo tenhamos que construir piscinões com água salgada e ondas artificiais que simularão as praias onde banhávamos sem medo de coliformes e tantas outras mazelas despejadas por esgotos não tratados.

Senhor prefeito do futuro, torço para que V.Sia veja documentário da Mavam que conta história de Haroldo Tavares. Um visionário que pensou a cidade cinquenta anos no futuro.

Sabe senhor, neste momento, obras estão revitalizando espaços há muito abandonados. Não é por saudosismo que falo, é que um povo que não valoriza antepassados com suas idéias e obras criadas, não é digno. Precisamos aprender com quem nos antecedeu, aprender inclusive com os erros.

Finalmente, me coloco à disposição de V.Sia para cerrar fileiras nesta tarefa complexa de cuidar desta cidade patrimônio mundial. Sou cheio de erros senhor, mas tenho a minha mão domável e coloco a minha voz à disposição do futuro desta terra que me viu nascer e que o dia vai abrir o seio pra me acolher de volta.

Acabamos de completar 407 anos. Somos uma cidade adolescente, em relação a tantas outras de história longa, mas precisamos de inteligência e fibra pra um futuro que se desenha agora. Vamos precisar de todo mundo.

imagens da internet.

(Robson Jr – Cidadão ludovicense com muito orgulho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.