“De perto ninguém é normal”(tempos de idade mídia continuação…)

Publicado por

01 de outubro de 2019.

Uma decisão da justiça define que o livro do Sr.Janot, “nada menos que tudo”, deve ser recolhido das livrarias e bancas.

Todos estão estupefatos com a afirmação de uma das personagens mais importantes da lava jato, que ousou falar de instinto assassino, de arma carregada e engatilhada, de dedo paralisado na hora “H”.

Buscas realizadas na casa do do homem da Lei, distâncias que devem ser mantidas do Olympos da justiça brasileira.

Quem nunca teve um desejo secreto, que atire a primeira postagem.

Ou será que tudo isto foi programado nestes tempos de idade mídia para que o livro virasse best-Seller?

Colocar toda uma carreira pra queimar na fogueira das vaidades da internet parece insano. Recolher o livro de papel? O pdf já viralizou na grande rede, e os santos de plantão e suas postagens tecladas prontas para serem atiradas.

Não sei quem é mais louco; se o homem que revela mazelas humanas, ou aqueles que fingem que nunca tiveram instintos impublicáveis. Em tempos de idade mídia, vale até atear fogo na própria vida em nome de um sucesso editorial. Que venha Nibiru.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.