“A vida não começa no berço, nem termina no túmulo”(Kalil Gibran).

Publicado por

Carpe Diem. 28 de outubro de 2019.

Quando visitei um cemitério pela primeira vez, ainda menino, achei curioso que no meio de tantos mortos, várias árvores frutíferas floresciam. Vi um enorme cajueiro bem próximo dos túmulos; Mais tarde estudando ciência, entrei em contato com a frase: “‘na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma”.

Eu era bem jovem começando a juntar fatos e sentidos. Hoje próximo de completar 61 anos, estou cada vez mais convicto que aquilo que me ensinaram sobre vida e morte, sempre mereceu reavaliação, pois os livros que li, sempre vieram carregados de dogmas e conceitos, às vezes individualizados, por isso, fui um aluno curioso e nunca aceitei verdades definitivas. Aprendi desde cedo que o universo cria-se e recria-se; uma estrela quando morre, fecunda novos astros ao longo de milhões de anos.

Algo que sempre me inquietou, foi a idéia estapafúrdia, de que os sentimentos que vivenciamos ao longo de toda uma vida, de uma hora pra outra cessam e vão para o túmulo. Nunca acreditei que isto acabe. Sentimentos são sutilezas, que a ciência ainda não consegue medir, pesar etc.

O amor que temos, eu acredito, jamais vai deixar de existir. São laços eternos que se propagam no espaço/tempo. Coisas ainda difíceis de serem compreendidas por seres humanos ainda em dificuldades de aprender neste pedaço de universo. Lembro-me agora de Platão: “Penso, logo existo”.

Nas vésperas de mais um dia de “mortos”. Fica uma pergunta: COMO É VOCÊ ACHA QUE SERÁ LEMBRADO CASO FAÇA A PASSAGEM POR ESTES DIAS, OU EM UM MÊS, OU DAQUI A ALGUNS ANOS?

Faça-se melhor agora, e se o fizer, me ensine.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.