Depressão virou o mal do século?? Vamos encarar uma conversa sobre o tema??

Publicado por

publicado em 03 de janeiro de 2020. Carpe diem

Depressão.

Suicídio.

Não fuja do tema. Há formas de combater. Acompanhe abaixo a conversa que tivemos com o terapeuta Guerche, no último dia do ano. Esperamos contribuir para que você possa compreender melhor, conceitos e formas de agir.

Um comentário

  1. Do fundo do meu coração, torço para que essa entrevista chegue até as pessoas que estejam passando por “maus momentos” como a tristeza, solidão, abandono, frustações, ansiesade…existe sim uma luz no final do corredor, no qual estamos passando… é só um pedaço ruim de um bom caminho.
    Uma conversa boa, de fácil entendimento, aonde foi falado de assuntos tão pesados, mas que transcorreram de maneira leve, com trechos soando como mantras deixando a sensação de calmaria, mostrando que a vida faz sentindo, que a resposta e o clarear da escuridão em nossos caminhos, e as marcas que o tempo não apaga estão dentro da gente.
    Levamos em consideração que alguns disturbios psicológicos ocorrem devido a falta de alguns nutrientes no organismos, (muito evidenciado nas pessoas que foram submetidas a determinadas cirurgias gástricas que dimiuem a absorção dos nutrientes) e de fácil reposição, mas acredito também que são desencadeados pelas frustações, decepções e tristezas e muitas vezes que alguns acham que é “mi.mi.mi” na realidade é uma grave doença, e quando tratada tem cura.
    Há muita cobrança seja no currículo escolar ou profissional, e no ranking vence quem é o melhor, não dá para ficar “parado” no tempo, resta aos pais, educadores, empresários a busca de melhores estudos, capacitações, tecnologias e quando não conseguimos alcançar as expectativas, e o materialismo é o mais importante, tornamo-nos pessoas frustadas. Robson acredito também que nos últimos anos, houve muita mudança no mundo, hoje em dia já não dá para os pais deixarem seus filhos á vontade para brincarem nas ruas como antigamente, falta segurança…os pais tentam suprir, estimular, disciplinar, socializar…os filhos estimulando com esportes, cursos extracurriculares, e feliz daquele que tem condições financeira para tal. Hoje o incentivo que o poder público tem dado com a cultura e a revitalização de algumas áreas de lazer, tem levado muitas familias para as ruas da cidade, já é um bom começo…
    Parabéns ao terapeuta e a produção da exposição do tema, foi muito proveitoso, parece “piegas” mas já esperava que fosse assim, obrigada blogueiro por nos proporcionar esta terapia ao pé do rádio…nos trouxe paz, amor e luz!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.