urubus, fake news, dengue…(03.03.2020)

Publicado por

Já faz tempo que o lixão da Ribeira foi transferido para Rosário. Nós aplaudimos o pessoal da região não deve ter gostado, mas aconteceu. Se o lixão já não existe, qual o motivo da presença de tantos urubus na cabeceira do aeroporto Cunha Machado? Resposta simples; as pessoas transformam cada esquina em lixão. Cultura, falta de educação?, seja o que for, por pouco não estaríamos agora falando sobre corpos carbonizados e casas destruídas após a queda de um avião da Latam.

Neste momento, o mundo tenta se equilibrar diante do coronavírus que avança pelo mundo, derrubando bolsas, ameaçando vidas. Cento e oitenta e um mil de casos de dengue, sarampo mata gente na grande locomotiva do Brasil, São Paulo.

Em cada esquina, ou no meio fio, viveiros de Aedes egipty voltando pra dentro das casas em forma das mais variadas doenças. Quem colocou o lixo lá fora, é o mesmo que reclama porque não estão cuidando da saúde. Vejo na tv que um morador de encosta lá no Rio de Janeiro atira um torrão de lama preta na cabeça do Crivela, que dizia a um repórter, que as pessoas não ajudavam quando jogavam lixo próximo de bueiros.

É março. E pau, é pedra, é o fim do caminho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.