Exercício da cegueira e surdez. (09.03.2020)

Publicado por

O regimes totalitários começam obstruindo canais de comunicação. Bombas em jornais era uma prática antiga, as mídias atuais que se modernizam em velocidade da luz, geram outras necessidades de monitoramento e combate às idéias. As fakenews se multiplicam, máscaras no entanto, não escondem IP’s, assim, os que pensam que estão trabalhando nos porões indevassáveis, de repente são iluminados em holofotes para visualização de todos. Em um ano eleitoral, as máscaras se multiplicam, “soldados virtuais” estão por toda parte, a serviço de projetos, idéias. A democracia é um exercício em que todos são iguais diante da Lei, o direito de ir e vir, o direito de expressão etc.

Nossa geração quebra paradigmas, destrói barreiras. Há bem pouco tempo, somente jornalistas publicavam seus artigos em mídia expressa. Protegidos por Leis severas que impediam que pessoas, “sem formação”, se expressassem em mídias tradicionais. O advento da internet quebra esta regra, e as postagens se multiplicam nas mais variadas alternativas: blogs, facebook, whatsApp, etc etc

Nas esquinas já se debate o valor dos diplomas. Afinal, pra que serve a Academia?. O mundo das startups cria aplicativos que substituem horas e até dias de atividade em profissões tradicionais.

Todos agora podem gerar pequenos áudios, textos, vídeos, documentários etc. Lembro-me das antigas equipes de reportagens que incluem motorista, operador de vt, camera man, produtor. Os atuais videomakers, tomam suas câmeras e realizam proezas sozinhos.

Volto ao ambiente da política, da liberdade de expressão. O mundo vive polarizações: AMO OU ODEIO O(A) FULANO(A). Na polarização, faço exercício da cegueira e surdez para o que for positivo naquele ou naquela que odeio. Olhos e ouvidos atentos apenas para os que amo. Os que amo fazem tudo certo, os que odeio só fazem coisas erradas. Você vai dizer que sempre foi assim, eu até concordo, mas é inegável que estas ações agora se multiplicam em uma velocidade estonteante.

Talvez daqui a algum tempo, descubramos, que precisamos de intermediadores nesta guerra virtual com desastrosos efeitos no mundo real da humanidade. Aqueles que sobreviverem confirmarão o que falo agora.

Um comentário

  1. Olá blogueiro, este post dispensa comentários, você fez a leiutura perfeita do atual cenário relacionado aos crimes cibernéticos, “ratos no porão” fabricando mentiras, sabotando verdades, poluindo as conexões…Geração “y” filhos da era digital, dominando negativamente as mídias sociais….liberdade de expressão, propagadas como faíscas, provocando incêndios , impedindo o ír e vim da Democracia.
    O nosso exercício diário é desplugar o fio condutor, apagar o incêndio que ameaça queimar os neurônios com a dúvida , dispersar a cortina de fumaça do ódio, do julgamento ….perder tempo só com quem ama a gente……

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.