“Amor em tempos de cólera” (31.03.2020)

Publicado por

Antes que você ache que estou trocando o nome da pandemia, vou logo me explicando. A pandemia é de Coronavírus, mas o que ainda vejo em Rede, é a “CÓLERA”, que se abate sobre a população. Longe de calçar as sandálias da humildade, adotando uma postura de ajuda, neste momento tão grave, observo com tristeza, que o “vírus da cólera” (sintomas: ódio, terror, desdém, malícia, fakenews etc), contamina grande parte das pessoas, que não perdem a oportunidade de achincalhar, destruir, machucar, e outros tantos verbos inoportunos num momento em que precisamos exatamente do contrário.

Aproveitar o momento para ganhar bônus políticos. É rasteiro atacar pessoas e perder a oportunidade de juntar forças, é desumano. A humanidade (ou alguns “humanos”, “racionais”), reagem como se fossem animais irracionais.

“Eu pensei te dizer muitas coisas, mas pra quê, se eu tenho a música….”

Um comentário

  1. Olá blogueiro, uma bela música “…medicina para alma….” boa pedida para esse momento em que as circunstâncias e os obstáculos nos levam a viver um mix de ” bons e maus” sentimentos, as mesmas circunstâncias levam aos oportunistas fazerem dos obstáculos um “palco” mas , esquecem que os holofotes mostram com clareza o ruim e o mau…. o homo sapiens “racional e o passional…” Uma linha tênue que nos leva a refletir sobre a saudade de uma conversa “leve” ao pé do rádio, o pisar o chão com liberdade e a saudade de um longo abraço fazendo da distância um novo significado,” dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço” e no lugar dos braços entrelaçados…o vazio dentro da gente , a “inércia” nos torna vulneráveis e isolados, qual trajeto seguir se que para cada “ação uma reação”, quando falamos de seres humanos nem Issac Newton explica ….mas ” Lex aeterna e Lex temporalem”…leis Divina de Deus explicam a justiça e a perfeição….
    Tá confuso blogueiro??!! Os tempos difíceis que estamos passando, nos leva a refletir mais profundamente sobre o sentido da vida, do amor, da família, da amizade, do beijo, do abraço, do aperto de mão, do calor humano e….da saudade!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.