“E daí, lamento, quer que eu faça o quê” (J.M.B) 29.04.20.

Publicado por

A frase acima é do Presidente Jair Bolsonaro quando interpelado pela imprensa sobre o aumento de mortes, e arrematou – “Sou messias, mas não faço milagres”

Afinal, o que se pode esperar de quem está à frente de um país, diante das mortes que agora ultrapassam cinco mil?

Nas últimas vinte e quatro horas, foram registradas quase 500 mortes, número que deve aumentar em função dos resultados de testagem que aguardavam por resultados. A propósito, a Anvisa autorizou emergencialmente realização de testes rápidos em farmácias. Há dúvidas sobre o resultado e perigo de que uma pessoa, já contaminada, esteja bem próxima de pessoas sadias. Há também dúvidas pelo fato de que o teste rápido não traga uma resposta conclusiva, o que levaria a um relaxamento por parte da pessoas testada, que sairia por aí, assintomático e teste inicial negativo.

O novo ministro Teich, responde questionamentos dos senadores em videoconferência, hoje as 16 horas.

Hoje o presidente se reúne com empresários em Brasília. encontro acontece menos de uma semana após a demissão de Moro.

Importante lembrar, que de um modo geral, a população continua sem acreditar no potencial deste vírus, e continua circulando normalmente, como se nada estivesse acontecendo. Muitas destas pessoas se acotovelam em filas em lotéricas e bancos para a ajuda emergencial. Se você estivesse necessitando deste mínimo para a sobrevivência, o que você faria?

imagem : G1.com

Um comentário

  1. Bom dia!
    Prezado blogueiro, gostaria muito de estimar o presidente Bolsonaro, não tenho justificativas para tal, mas tenho um sentimento de tristeza, pois quando eu olho o homem Bolsonaro, vejo um homem triste, pertubado, pressionado, ressentido, acabado…Não votei nele, mas torci muito para que desse certo, torci muito para que os anseios da minha mãe fossem realizados, que carregava a bandeira “Bolsonaro” e acreditava com convicção nas suas palavras, quando depositei meu voto na urna, veio a minha cabeça um pedido da minha mãe “minha filha por favor vota no Bolsonaro, um homem de Deus, sério, de familia, pulso forte….etc”, não era o meu desejo, me sentindo culpada……anulei o meu voto.
    Sinto muito por esse momento que passa o presidente, peço a Deus que ilumine e proteja o seu caminho, que ele seja digno de suas palavras, tenha a dignidade de retribuir a tantos que depositaram confiança e esperança no futuro do Brasil.
    É um momento difícil, gostaria que o presidente tivesse mais empatia pelo seu povo, transmitisse conforto para suas dores, segurança para uma nação, suavidade nas palavras, abrandace o coração endurecido pelo tempo, problemas, filhos(???), reconhecer os erros…..não é sinal de fraqueza, não é ser menos e nem menor……..
    Não posso julgar a população que busca um auxilio, apesar de eu estar muito vulnerável a contaminação pelo coronavírus/covid-19 em meu trajeto diário às minhas obrigações laboral feitas com muito orgulho e prazer, acredito que para muitos, o valor destinado é uma luz no final do túnel, um alento…….
    # Fica em casa….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.